Nota Fiscal Eletrônica


O gerenciador Nota Fiscal Eletrônica é uma solução complementar ao seu sistema que permite o gerenciamento do envio e retorno de Notas Fiscais junto a Secretaria da Fazenda.


A ECOSIS desenvolveu um conjunto de ferramentas:

» Comunicação em Tempo Real;

» Conector de Banco de Dados;

» Conector XML;

» Listener - NF-e;

» Validação de Esquemas.


Integradas com os serviços de mapeamento de processos permitirá que sua empresa emita Nota Fiscal Eletrônica da mesma maneira que emite suas Notas Fiscais Mecanizadas.


Nota Fiscal Eletrônica


SPED - NF-e - Ambiente Nacional


O Projeto Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) está sendo desenvolvido, de forma integrada, pelas Secretarias de Fazenda dos Estados e Receita Federal do Brasil, a partir da assinatura do Protocolo ENAT 03/2005, de 27/08/2005, que atribui ao Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais (ENCAT) a coordenação e a responsabilidade pelo desenvolvimento e implantação do Projeto NF-e.


A integração e a cooperação entre Administrações Tributárias têm sido temas muito debatidos em países federativos, especialmente naqueles que, como o Brasil, possuem forte grau de descentralização fiscal.


Atualmente, as Administrações Tributárias despendem grandes somas de recursos para captar, tratar, armazenar e disponibilizar informações sobre a emissão de notas fiscais dos contribuintes.


Os volumes de transações efetuadas e os montantes de recursos movimentados crescem num ritmo intenso e, na mesma proporção, aumentam os custos inerentes à necessidade do Estado de detectar e prevenir a evasão tributária.


Assim, o projeto justifica-se pela necessidade de investimento público voltado para integração do processo de controle fiscal, possibilitando:

» Melhor intercâmbio e compartilhamento de informações entre os fiscos;

» Redução de custos e entraves burocráticos, facilitando o cumprimento das obrigações tributárias e o pagamento de impostos e contribuições;

» Fortalecimento do controle e da fiscalização.


O projeto possibilitará os seguintes benefícios e vantagens às partes envolvidas:

» Aumento na confiabilidade da Nota Fiscal;

» Melhoria no processo de controle fiscal, possibilitando um melhor intercâmbio e compartilhamento de informações entre os fiscos;

» Redução de custos no processo de controle das notas fiscais capturadas pela fiscalização de mercadorias em trânsito;

» Diminuição da sonegação e aumento da arrecadação;

» Suporte aos projetos de escrituração eletrônica contábil e fiscal da Receita Federal e demais Secretarias de Fazendas Estaduais;

» Fortalecimento da integração entre os fiscos, facilitando a fiscalização realizada pelas Administrações Tributárias devido ao compartilhamento das informações das NF-e;

» Rapidez no acesso às informações;

» Eliminação do papel;

» Aumento da produtividade da auditoria através da eliminação dos passos para coleta dos arquivos;

» Possibilidade do cruzamento eletrônico de informações.

« Voltar


Copyright © 2009 - ECOSIS - Todos os direitos reservados.